Erundina começa com 59 pontos

Nesta semana, nas sabatinas da UOL e Estadão, a candidata Luiza Erundina (PSOL) defendeu uma cidade para pessoas, com a priorização do transporte coletivo (destaca a manutenção das faixas exclusivas de ônibus) e medidas de promoção dos modos por ela definidos como “alternativos”, entre os quais a bicicleta (destaca a manutenção do “sistema de ciclovias”). Nas suas falas, ela diz que manterá a redução de velocidades e buscará ampliar o acesso aos ônibus a partir da redução de custos dos/as usuários/as, junto a um maior controle sobre as operadoras de transporte coletivo. Entretanto não cita políticas direcionadas especificamente à mobilidade a pé. Como não foram detectadas posições negativas, a candidata acumulou 1.866 pontos.

Veja como ficou a distribuição de sua pontuação:

1.1.1 – Implantar 100 km/ano de ciclovias ou ciclofaixas em malha viária existente (ao longo da próxima gestão): 149,318 pontos

3.1.1 – Permitir a integração de bicicletas com a rede de ônibus 584,47 pontos

3.1.2 – Ampliação da acessibilidade, qualidade, conforto, informatização e atratividade do transporte público coletivo: 318,12 pontos

3.1.3 – Manter e expandir a priorização do transporte coletivo público no espaço viário e na operação: 378,00 pontos

5.1.2 –  Implantar projetos de acalmamento de tráfego, com reforço na fiscalização e intervenções para diminuir a velocidade de veículos motorizados em áreas de concentração de pessoas, comércios e serviços. Adotar a velocidade máxima de 40 km/h nestes casos: 432,75 pontos

Fonte: Sabatina UOL, Folha e SBT e Sabatina Estadão (julho de 2016)